O tamanho do pênis é uma das maiores obsessões do homem, principalmente na puberdade, quando os hormônios estão aflorando e os primeiros instintos sexuais vão se despertando.

Ter um membro avantajado para muitos é motivo de orgulho e “ostentação”. Aqueles que possuem a genitália com proporções menores tendem a procurar por métodos não recomendáveis para fazer o órgão crescer, como propagandas virtuais, comumente encontradas em sites de entretenimento adulto.

Fato é que o pênis tem diversos tamanhos e formatos diferentes, não existindo um padrão considerado “normal” ou “ideal”.

Abaixo, confira cinco respostas para dúvidas que todo homem, ou pelo menos a maioria, tem ou já teve na vida, quando o assunto é o comprimento do órgão sexual. Com informações do site britânico Daily Star.

1 – As mulheres preferem homens com os membros maiores?

De acordo com uma pesquisa da Universidade da Califórnia, em Los Angeles, e da Universidade do Novo México, as mulheres tendem a preferir homens mais avantajados para se relacionarem.

O estudo conduzido pela médica Nicole Prause, ouviu 75 participantes do sexo feminino e revelou que as mulheres preferem, para relacionamento de longo prazo, um homem com membro de 16 cm de comprimento com uma circunferência de 12,2 cm. Se for em uma transa esporádica, elas querem um tamanho ainda maior.

2 – Qual o tamanho médio?

O comprimento médio do pênis ereto é de aproximadamente 13,2 cm e 11,7 cm de circunferência.

3 – Qual o tamanho de um micropênis?

De acordo com um estudo publicado no ‘Journal of Clinical Research in Pediatric Endrocrinology’, é considerado um micropênis o membro de um indivíduo adulto com um órgão cujo estiramento e flacidez mede menos de 9,3 cm.

4 – É possível aumentar o tamanho do genital?

Uma pesquisa conduzida pela Universidade do Kentucky, realizada com mais de 14 mil pessoas, descobriu que 45% dos homens têm vontade de aumentar o tamanho do “documento”.

Sobre a possibilidade de tornar esse desejo possível, a resposta é sim. Aqueles que almejam crescer o comprimento do pênis podem recorrer à uma cirurgia de aumento peniano. O procedimento costuma funcionar e não afeta o desempenho ou a sensibilidade sexual.

5 – Qual o tamanho ideal?

Como dito no começo do texto, o pênis tem diferentes tamanhos e formatos, não existindo assim um padrão ideal. Um estudo com 50 mil pessoas apontou que quase um terço dos ouvidos (31%) estavam satisfeitos com o comprimento médio. Porém, uma maioria de 52% afirmou que preferem homens com pênis de 15,2 cm a 20,3 cm. Apenas 5% buscam caras com um genital gigante, medindo cerca de 25 cm.

Fonte:https://catracalivre.com.br/saude-bem-estar/respostas-duvidas-homens-sobre-tamanho-penis/

 

#1 – Use a respiração

Usar a respiração costuma ser um atrativo para as mulheres. Respirar perto da pele da sua gata fará com que ela se inunde de prazer e sinta a vontade que você está de tocá-la e fazer com que ela tenha uma experiência inacreditável na cama. Aposte!

#2 – Compartilhe fantasias com sua gata

Não espere que ela sempre tome atitude. Pergunte, explore, descubra aquilo que ela gosta ou gostaria de praticar com você e dê asas à imaginação no momento Rilex. Ao compartilhar experiências e testar novas fantasias sua autoestima agradecerá, fazendo com que você se sinta mais confiante na hora de fazê-la atingir o clímax.

#3 – Abuse do lubrificante

Fazer uma mulher atingir o clímax pode ser uma tarefa difícil, mas pode ser ainda mais difícil se você não usar o lubrificante adequado nela. Muitas mulheres relatam que o uso de lubrificantes, seja na hora do sexo, ou apenas com o uso das mãos fazem com que elas atinjam níveis mais elevados de satisfação e prazer sexual, quando comparados a mulheres que não os utilizam.

#4 – Beije, passe a língua e toque as orelhas dela

Experimente colocar os lábios alguns centímetros de distância da orelha da sua parceira e solte um lento suspiro. Isso atormentará os sentidos dela e a deixará relaxada para que você possa focar em outras zonas erógenas durante o processo. Depois disso, encoste os lábios e comece a beijar e passar a língua levemente ao redor da orelha. Isso estimulará diretamente as terminações nervosas da orelha dela.

#5 – Ataque direto no pescoço

Um boa técnica de acender a chama e o desejo sexual dela é esperar que ela faça o movimento de escovar os cabelos, jogando-os para o lado, revelando o pescoço. Se você for esperto e chegar por trás, investindo em beijos e algumas pequenas mordidas… não há dúvidas de que ela ficará na expectativa de logo cair com você na cama.

#6 – Estimule sua parceira com a roupa ainda no corpo

Essa é uma tortura bem agradável e que você pode praticar frequentemente com sua parceira. Provoque, toque e acaricie qualquer ponto do corpo dela, desde que por cima do tecido. Isso ajudará  a construir um clima de muito prazer, para que depois você possa, finalmente, entrar em contato direto com a pele dela.

#7 – Massagem é sempre uma ótima escolha

Isso fará com que tanto você quanto ela possam entrar no clima. Seja antes ou após a relação, procure aplicar uma massagem no corpo da sua parceira.

#8 – Não perca a confiança na cama

Se você realmente deseja ter um bom desempenho na cama com sua parceira, não deixe que o nervosismo e o medo tomem conta de você na hora H. Pense que, independente de qualquer problema que você possa ter, sempre existirão maneira de ultrapassar e superar cada um deles.

#9 – Demore muito nas preliminares

As preliminares são importantes pois é a partir delas que você conseguirá trilhar um bom caminho até que sua parceira atinja o clímax. Brinque com o corpo dela, seja romântico e nunca deixe de focar nas zonas erógenas mais importantes e excitantes do corpo da sua parceira. Pelo menos 15 minutos.

#10 – Por que não colocar uma venda nos olhos?

Esse tipo de brincadeira estimula outros sentidos e deixa um clima de mistério na cabeça da sua parceira. Afinal, ela nunca saberá qual será seu próximo movimento. Não deixe de experimentar e aumentar ainda mais o desejo sexual dela, e também o seu.

#11 – Pare de uma vez de assistir pornografia sozinho

O homem que costuma se masturbar demais acaba perdendo boa parte do desejo sexual, pois acaba idealizando no filme aqui que ele gostaria de fazer, mas que não tem capacidade na cama. Deixe o pornô de lado e vá desfrutar quem realmente deseja estar com você todas as noites. Sua parceira! Mas se ela quiser assistir junto com você, não há problema. Afinal, muitos casais gostam dessa prática.

1) Use camisinha:
Esse é um habito que deveria ser conservado pra todo o sempre, mesmo depois que o namoro já foi oficializado. Sexo bom é sexo seguro e responsável que inclui pensar na própria saúde e na saúde da parceira. DST não tem cara e, além disso, a pessoa pode estar contaminada sem que apareça em exames e sem apresentar nenhum sintoma. Dessa forma, ela pode, mesmo sem saber, passar a doença adiante.

2) Respeite as diferenças entre a sexualidade masculina e feminina.
Enquanto os homens são mais genitalizados, a resposta delas na cama depende de outros fatores como os emocionais. Ela gosta e precisa receber carinhos além do momento do sexo. Mas ainda há muitos homens que confundem carinho com preliminares, sendo carinhosos quando querem sexo, sem manter a mesma postura em outros momentos.
Muitas vezes, ela precisa sentir-se conectada ao parceiro para não se sentir como se fosse um objeto sexual. Além disso, mesmo que o clitóris seja o centro da resposta orgástica, as zonas erógenas das mulheres são mais dispersas. Preste atenção na mulher como um conjunto e permita-se ver da mesma forma.

3) Deixe do lado de fora as cobranças externas. Nada de querer ser um atleta sexual:
Respeite o seu corpo. As mulheres esperam muito mais por carinho, atenção e cuidado do que um desempenho sexual incansável. Poucos homens sabem que fisiologicamente há um momento, exclusivamente masculino, logo após a ejaculação chamado de período refratário onde é impossível haver nova ereção.
Com o passar dos anos, esse tempo passa a ser mais longo levando preocupação e uma dose de frustração para os homens devido à valorização excessiva dada ao desempenho sexual onde a freqüência coital é tradução da sua capacidade de conquista sexual. Livre-se da obrigação de estar sempre disposto ou pensando sobre sexo. Nunca se esqueça de que quantidade não é qualidade.

4) Cuide da aparência:
É certo que os homens são seres visuais, mas as mulheres também são. É um traço da personalidade dos homens ter o chamado desejo visual, mas, ainda assim, a beleza masculina transformou-se em valor cultural. Hoje os homens se cuidam como as mulheres. Só não vale esquecer-se da sensibilidade e do carinho em nome da aparência física.

5) Aprenda com o seu corpo e aprenda sobre o corpo dela (e):
Descubra como funciona a sua resposta sexual. Descubra como funciona a resposta sexual dela (e) e como ela (e) gosta de ser tocada (o). Sexualidade é muito mais amplo do que pênis e vagina. Permita-se descobrir outros meios de sentir prazer, respeitando sempre os seus limites sexuais e os limites sexuais da (o) parceira (o).

6) A importância do tamanho do pênis:
Os homens têm uma relação de amor e ódio com o pênis. Diferentemente da segurança masculina, o prazer feminino não cresce na mesma proporção em que se aumenta o tamanho do pênis. Um pênis grande não é garantia de um bom desempenho sexual ou capacidade eretiva. A potência sexual depende de outras questões como disponibilidade, nível de excitação e entrega, ou seja, estar inteiro durante a relação sem que interferências de idéias gerem conflitos.

Fonte: https://www.abcdasaude.com.br/sexologia/segredos-para-uma-vida-sexual-feliz-dicas-para-os-homens